Observatório da Nuvem

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Deus está conosco. Sempre...

            
             Certo dia, encontrei-me entre inúmeras tarefas, aquelas no qual não se pode adiar muito menos apagar da agenda. Aquele dia que parece que tudo dá errado, que nada se resolve. Aquele dia que você perde o ônibus por chegar atrasada na parada e o seguinte não parou porque não conseguiu simplesmente frear, pois vinha rápido demais.
             Situações assim me rendem boas gargalhadas e é, certamente, o melhor a se fazer, porque diante destas circunstâncias o pior é se irritar. Mas, existe um momento que você sente que tudo vai colidir e consequentemente explodir e foi aí, que tendo a última tarefa a se fazer que imaginei que mais uma vez ia dar tudo errado.
             Entrei rápido no local - o sol estava castigando - imaginando encontrar uma enorme fila, horas em pé... Uma perda de tempo:
            -Qualquer coisa se enfrenta fila! Pensei. E, pra minha surpresa...
            -Cadê a fila?  (iupi) nem vai demorar réréréré (triste ilusão)
            -Cadê o rapaz que entrega a senha? Perguntei.
            -Não veio, senta ali e espera a sua vez. Uma pessoa que ia saindo respondeu.
            -É um sinal por minha perseverança. Pronto fiquei convencida.
            Sentei e esperei lógico perguntei antes onde era pra ficar e me indicaram. Sentei e esperei - em vão - porque me mandaram esperar em outro lugar. 
            -Tudo bem! Já estava querendo me irritar. O lance da perseverança já tinha ido embora.

            Foi aí que reparei como nós seres humanos oscilamos o humor. Eu era a última da fila, estava tudo tranquilo e uma simples mudança de local  já queria me estrassar. 
            -Que coisa!
           Sentei e olhei para o lado, e percebi que entre o espaço  do assento e o encosto da poltrona tinha um papel todo amassado. Abri e estava escrito assim:
           "São nos momentos mais difíceis que achamos que Deus nos abandonou, mas nos enganamos,  em todo o tempo Ele está presente ao nosso lado, esperando que o busquemos. Mas não fazemos isso e por isso sofremos.
           Precisamos buscar a Deus, pois somos nós que precisamos d'Ele e não Ele de nós."
           Senti Deus puxando minha orelha, dizendo: - Não foi assim que te ensinei a agir, cadê o temperamento brando, esqueceu minha filha?
          -Lembrei-me Senhor! Perdoa-me.
           E me sentir em Paz
           Chegou a minha vez, fui atendida e logo pude ir para casa  feliz da vida.
         No papelzinho ainda estava escrito: "Precisamos buscar a Deus e com certeza a oração que é um diálogo com Ele, nos ajudará a acharmos a direção para a nossa vida e nos dará conforto em meio a tristeza, paz em meio a tempestade, estabilidade em meio a mudanças, perdão em meio ao pecado e amor em meio ao ódio. 




            "Pedi, e dar-se-á; buscai, e encontrareis; batei abrir-se-vos-á. porque aquele que pede recebe; e o que busca encontra; e, ao que bate se abre." Mateus 7.7-8


             Não deixe os imprevistos acabar com o seu dia, lembre-se que seus caminhos são guiados por Deus, Ele está conosco. Sempre...


                                                   Um maravilhoso fim de tarde!


           
           








0 Nuvens Voadoras comentaram :

Postar um comentário

Deixe seu comentário e vamos interagir!