Observatório da Nuvem

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Olha pra mim!

           Já repararam como a moda é cíclica, né? Isso nem é mais novidade. Mas toda vez que uma  roupa  ou acessório volta, por mais que na época não teve lá seu sucesso esperado, as novas modelagens que esses produtos ganham acabam por encantar muita gente, são as chamadas releituras, é só uma repaginada e os olhares logo mudam. Aconteceu com muitas coisas de acordo com a minha memória, mas a primeira da lista é a POCHETE.
          A pochete teve um despreso muito grande em seu percurso de vida e agora ela quer ganhar alguns simpatizantes, pra não ficar com  vida tão amarga. Ela quer tirar de vez o titulo de "coisinha bizara que aumenta o volume no quadril". Talvez quem inventou não pensou nessa possibilidade visual,  mas sim na praticidade que ela poderia vir a dar para aqueles que a utilizassem. Com as mãos livres estariam despreocupados e a mobilidade seria maior. Mas o nosso olhar não vai direto pra esse ponto e sim "Isso vai me deixar horrível!", afinal queremos a praticidade associada a beleza e ao estilo.
         Quando eu era criança, rsrsrsr isso é muito engraçado, a primeira vez que eu vi uma, pelo menos a que prestei atenção, tinha a forma de um  ursinho de pelúcia. Gente! Na época eu queria uma porque a carinha do ursinho era bonitinha e tão macia, mas, sinceramente, apesar da pouca idade,  já percebia que ficava um volume estranho, mas eu queria era brincar (kkkkk), colocar meus bagulhinhos ali. Ai! ai! Doce infância
         Vi muita gente usando mesmo,  homens e mulheres, até que desapareceu, quase extinta, e se olhava alguém  com uma,  admiração na certa.
         O tempo passa, isso é inevitável, e assintindo a Novela  Malhação eis que avistei uma,  compondo o personagem de Caroline Figueiredo (Domingas Gentil). Achei legal porque era diferente das demais.


Sophie Charlotte na pele de sua personagem Angelina - Malhação
  As que circulavam quando criança eram assim:

Volumosas e sem design
           Gritante a diferença. Hoje estão com um conforto visual melhor (na minha opinião).
           Curtam mais modelos.



Luiza Brunet adaptou uma bolsa comum em pochete para guardar seus objetos enquanto malha.

          

      Use-a:
  • Em seu trabalho (se precisar de mais libertade para executar a tarefa, e carregar pequenos objetos de auxílio, como por exemplo em trabalhos de campo);
  • Em passeios, pra ficar mais à vontade;
  • Ao andar de bicicleta ou praticar caminhada, assim como fez a Luiza Brunet, para acomodar seus apetrechos, ao invés da mochila. 
         Daí é só usar a liberdade e o conforto  sem passar vergonha.









                                                      
                                                          Espero que tenham gostado!

0 Nuvens Voadoras comentaram :

Postar um comentário

Deixe seu comentário e vamos interagir!