Observatório da Nuvem

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Um óleo chamado Moroccanoil

          Quando o assunto é cabelo, gosto de reservar um tempo para ler sobre cuidados que devemos ter com ele, que vai desde a forma como se penteia, o tipo de pente, escovas, até a escolha do que usar na hora de lavar, etc. Conhecer bons produtos e técnicas é imprescindível, para que ele, o cabelo, seja tratado da maneira mais saudável possível.  
Imagem: Pixel Girl Presents

          Já comentei certa vez que meu cabelo é longo, ondulado e por conta dessa ondulação possui um certo volume, mas gosto dele assim e não tenho vontade de mudá-lo, pelo menos por enquanto, a única mudança  que ocorre é nos cortes. Já postei aqui alguns penteados que costumo usar. Quem lembra? =) 
        Dos cuidados que tenho com meu cabelo, fazendo companhia ao shampoo e  condicionador existe o óleo capilar, que no contexto geral, para mim, desempenha um papel fundamental, complementando todos os outros  cuidados que julgo necessários ao cabelo. Mas, se tratando de  óleos, além de hidratar  deixam o cabelo com um aspecto pesado e aparentemente sujo. Ficava frustada por tal caracteristica, já que não gosto muito dos cremes sem enxágues, a sensação de fios controlados era momentânea com esses cremes e ficar monitorando o cabelo a todo instante não é muito confortável, por isso, opto pelos óleos que deixam o cabelo mais umectado.

      Usei inúmeras marcas até que conheci a linha Morocconoil, muito bem divulgada pelos sites e blogs a fora, mas confesso que fiquei com medo de investir e depois o produto não corresponder às minhas expectativas. Mas deixando o medo de lado, testei e aprovei.  
       Depois que passei a usar o óleo Morocconoil o desconforto (de sujo) passou. Sério! Obtive bastante informação sobre ele antes de adquirir o produto, é claro, tinha que conhecer mais sobre os benefícios e constatar se os elogios eram mesmo merecidos e com isso acontecendo por  toda parte decidi que deveria experimentar e ver qual resultado teria em meu cabelo. 
       Conclusão: depois de exatos 15 dias usando o óleo Morocconoil, a maciez do meu cabelo aumentou assim como o brilho e a resistência dos fios. Por estarem mais hidratados, ocorre menos perda e quebra de fios na hora de pentear e desamarrar os cabelos.  O cheiro caracteristico  é muito agradável e a sensação de aspecto sujo não existe pois o cabelo absorve completamente o produto e a ondulação fica no lugar certo expulsando o frizz.
      A viscosidade do Morocconoil é leve e uma pequena quantidade é o suficiente para passar no cabelo todo. Costumo usá-lo após cada lavagem que realizo, com os cabelos ainda molhados, e, deixo secar naturalmente. Quanto a manutenção? Uso sempre que sinto necessidade e detalhe, a mão não fica "melecada" de óleo tal qual os outros deixam. Mais um ponto.

Em busca das informações
      O óleo é extraido das amêndoas da árvore de Argan, que é encontrada no deserto de Marrocos. O óleo costuma ser chamado de ouro líquido, pois para um litro desse óleo é necessário cerca de 100 kilos de amendoas.
          E outra coisa, não pense que ele é um produto específico para o  cabelo, suas propriedades podem ser usadas tantos para a pele, fins medicinais e  até alimentação. Mas nesse contexto deve-se verificar o tipo, pois o óleo de argan possui diferentes variedades que determinada sua  finalidade.

Onde comprar: Viva Dream Cosmetics  e   Ambiente Vistoriado

0 Nuvens Voadoras comentaram :

Postar um comentário

Deixe seu comentário e vamos interagir!